Notícias

Testes de qualidade comprovam potabilidade da água disponível no HDT-UFT

O monitoramento da pesquisa da água consumida pelos usuários; empregados e utilizada para preparo de alimentos é uma das responsabilidades do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente (SVSP) e são acompanhadas pela Comissão de Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (CCIRAS) e pelo Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição filiada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Quem realiza e como é feito o teste para certificar a qualidade da água?
É realizado pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde. As amostras são coletas por técnicos da Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde de Araguaína e encaminhada para o Laboratório de Saúde Pública de Araguaína (LSPA) que é um anexo do Laboratório Central (LACEN-TO).

Quais os locais do HDT-UFT em que são retiradas as amostras?
As coletas são feitas nos cinco locais:
a)    Torneira do pátio
b)    Cozinha
c)    Serviço de Esterilização
d)    Bebedouro recepção 01
e)    Bebedouro recepção 02

Que pesquisa são realizadas nas amostras?
Os testes contemplam dois tipos de pesquisas:
I-    Pesquisa microbiológica; no qual são verificados 2 itens:
1.1-    Coliformes totais
1.2-    Escherichia coli
II-    Pesquisa Organoléptica; com a verificação do item:
2.1-      Turbidez

Qual a periodicidade do teste?
A pesquisa é realizada de 4 em 4 meses.

Quais as características da água coletada no hospital que a qualifica como própria para ingestão?
A conclusão das análises da água consumida no HDT-UFT é satisfatória, ou seja, potável e liberada para consumo.

Mais informações podem ser adquiridas no SVSP, no telefone (63) 3413-8761.

Fonte: Revista Surgiu.com.br